Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 20 de fevereiro de 2011

PLANO DE AULA: CARNAVAL - ALFABETIZAÇÃO

Trabalho com letra de música: Marchinha de carnaval

O que o aluno poderá aprender com esta aula
A criança será desafiada a observar e compreender espaçamento entre palavras, além da identificação e reconhecimento de palavra em frases e textos.
Duração das atividades
aproximadamente 4 aulas de 50 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Conhecimentos sobre a organização da escrita alfabética.

Estratégias e recursos da aula
As atividades propostas neste plano de aula, têm por objetivo possibilitar às crianças, conhecer algumas músicas da nossa cultura folclórica, em especial sugiro músicas de carnaval. Mas, certamente você poderá usar parlendas, músicas ou versos típicos da sua região. Por meio destes textos, iremos propor exercícios de análise e observação de espaço entre palavras, reconhecimento de palavras em frases e textos, sendo possível ainda, explorar outras atividades, como por exemplo, leitura, identificação de palavras especificas (a ser definida por você professor(a)) no texto, verso, estrofes e outros.
Destaco que no caso de optar por trabalhar marchinhas de carnaval, que é fundamental ter atenção nos dizeres da letra da música, no que diz respeito ao vocabulário e também ao sentido/significado de muitas delas. 

Assim, sugiro a seguir algumas músicas:
Coração Corinthiano
Doutor, eu não me engano,
Meu coração é corinthiano
Doutor, eu não me engano,
Meu coração é corinthiano
Eu não sabia mais o que fazer
Troquei um coração cansado de sofrer!
Ah! Doutor, eu não me engano,
Botaram outro coração corinthiano!


Botão de Rosa
Roubaram um botão de rosa,
Daí, deu-se a confusão,
A rosa, toda chorosa,
Acusa o cravo de roubar o seu botão.
Roubaram um botão de rosa,
Daí, deu-se a confusão,
A rosa, toda chorosa,
Acusa o cravo de roubar o seu botão.
Houve briga,
Houve briga entre as flores,
Houve briga entre as flores, do jardim,
Mas o cravo, nesse caso, com as dores,
Jogou a culpa toda no jasmim,
E o jardineiro perguntou, na confusão,
Pra que tanto barulho, só por causa de um botão ?....


A Bruxa Vem Aí
Ai,
A bruxa vem aí,
E não vem sozinha,
Vem na base do saci.
Pula, pula, pula,
Numa perna só,
Vem largando brasa,
No cachimbo da vovó. 


I_ Para iniciar a proposta, é interessante refletir com a turma, sobre o significado do carnaval em nossa cultura. Assim, convide as crianças a dizer sobre as atividades que acontecem neste período, como ficam as cidades e as atividades que acontecem nas ruas e clubes, como as pessoas se vestem, etc. Após esta conversa, você pode convidar o grupo a fazer um registro, por meio de desenhos, para decorar a sala (ou o mural da escola).
Para ampliar os conhecimentos do grupo, sobre estas atividades em nossa cultura, você pode propor que façam uma pesquisa/entrevista com o pessoal de casa ou mesmo com funcionários da escola, visando compreender como era o carnaval, nos tempo de crianças dos entrevistados. Nesta atividade, já proponha que busquem conhecer as músicas que animavam o canaval nesta época. E, se possível que tragam os CDs e as letras por escrito. Uma vez concluído este trabalho, organize uma forma de apresentação oral e escrita. Você poderá aproveitar os registros produzidos, para viabilizar que de fato todos possam ampliar seus conhecimentos sobre o assunto. Isso pode se dar por meio de uma roda de converssa e também uma exposição dos registros no mural da sala ou da escola.
Sugiro, professor(a), que você apresente a turma suas contrubuições assim, fale das suas experiências e se possível, organize um cd com músicas de carnaval. Deste cd, escolha um música para sistematizar o trabalho com o grupo.
II_ Agora que o grupo já possui uma pesquisa sobre o tema, convide-os a trabalhar com uma música. É necessário para qualificar a experiência que o grupo possa escutar a música a fim de aprender cantar, e também que tenha em mãos a letra da canção escolhida
Quando o grupo já estiver conhecendo a música, sabendo cantá-la, você pode iniciar outras propostas, que serão mecionadas a seguir:
a) Agora, vocês vão cantar juntos (sem o som). Em seguida, você pode combinar, que irá “recitar”/falar e que, a cada palavra, as crianças deverão bater uma palma. 

Veja o exemplo abaixo:
A Bruxa Vem Aí
Ai, (PALMA)
A (PALMA) bruxa (PALMA) vem (PALMA) aí (PALMA) ,
E(PALMA) não (PALMA) vem (PALMA) sozinha (PALMA)
Vem (PALMA) na (PALMA) base (PALMA) do (PALMA) saci (PALMA) .
Pula (PALMA), pula(PALMA) , pula (PALMA) ,
Numa (PALMA) perna (PALMA) só (PALMA),
Vem (PALMA) largando (PALMA) brasa(PALMA) ,
No(PALMA) cachimbo(PALMA) da(PALMA) vovó(PALMA). 


Exercite esta atividade, quantas vezes julgar necessário. À medida que o grupo for adquirindo habilidade e ritmo, você pode ir falando mais rápido e assim aumentar o desafio. É importante que todo grupo esteja com desenvoltura e assimile bem o momento que deve bater palma, conforme o ritmo e o reconhecimento do espaçamento entre as palavras.
b) Nesta etapa, combine que a cada palavra, permanece uma palma, mas que vamos ampliar o desafio. Então, ao final de cada frase (que as crianças podem acompanhar na cópia da letra que possuem) elas devem bater duas palmas, estalar o dedo ou bater uma vez na mesa, por exemplo. Enfim, combinem um código de ação.
A Bruxa Vem Aí
Ai, (PALMA) _ (ESTALAR O DEDO)
A (PALMA) bruxa (PALMA) vem (PALMA) aí (PALMA) , (ESTALAR O DEDO)
E(PALMA) não (PALMA) vem (PALMA) sozinha (PALMA) (ESTALAR O DEDO)
Vem (PALMA) na (PALMA) base (PALMA) do (PALMA) saci (PALMA) . (ESTALAR O DEDO)
Pula (PALMA), pula(PALMA) , pula (PALMA) , (ESTALAR O DEDO)
Numa (PALMA) perna (PALMA) só (PALMA), (ESTALAR O DEDO)
Vem (PALMA) largando (PALMA) brasa(PALMA) , (ESTALAR O DEDO)
No(PALMA) cachimbo(PALMA) da(PALMA) vovó(PALMA). (ESTALAR O DEDO)

Professor(a), observe que as indicações dos itens A e B, devem acontecer por meio de exploração oral, orientada por você. Ok!

III_ Na folha que as crianças tem em mãos, com a letra da música, solite que marquem com uma barrinha ( / ) usando o lápis de cor, todo espaço que elas identificarem entre palavras.
A /Bruxa/ Vem/ Aí
Ai/, _ 1
A /bruxa/ vem/ aí/, _ 4
E/ não/ vem/ sozinha/, _4
Vem/ na/ base/ do/ saci/. _5
Pula/, pula/, pula/,_3
Numa /perna/ só/,_3
Vem /largando/ brasa/,_3
No /cachimbo/ da/ vovó/. _4


Você pode solicitar ainda, que na frente de cada frase (de cada linha) que indiquem o número de palavras. Confira acima. É possível ainda substituir, e assim solicitar que sublinhem de vermelho as frases com 3 palavras, de azul as com 4 palavras.
IV_ Professor(a) em uma nova folha, coloque a letra da música com lacunas, para que possam preencher à medida que você recitar ou que o grupo cantar.

A Bruxa Vem Aí

Ai,
A ________________ vem aí,
E não vem _______________,
Vem na base do ___________.
Pula, pula, pula,
Numa ____________só,
________largando brasa,
No cachimbo da ___________.
Ao lado da letra, que eles completaram, você pode pedir ainda, que façam uma ilustração. 

Assim, podemos verificar também a capacidade de interpretação da criança.
Uma última atividade a ser indicada é que você entregue uma folha, onde há tiras com as frases que compõem a música, para que seja recortada organizada e então colada da maneira correta. 

Neste caso, você pode deixar a letra para que verifiquem ou pode desafia-los a fazer sem conferir. 
Isso deve depender do nível em que se encontra a sua turma.

Avaliação
Por meio da diversas atividades ora propostas, o educador(a) poderá observar se o grupo de alunos compreende e reconhece o espaçamento entre palavras, bem como o número de palavras que constitui uma determinada frase e/ou texto. 
Destacamos que o desenvolvimento desta habilidade na alfabetização, é processual e essencial para o êxito no que diz respeito aos avanços para leitura, produção de texto, bem como a compreensão destes. 
Neste plano didático, devemos reconhecer e avaliar também a importância da participação, interação do grupo na temática estudada.

Um comentário:

  1. adorei suas ideias com as marcinhas de carnaval.
    Maria José, Picuí Paraíba.

    ResponderExcluir